Buscar
  • Lacombe Advogados

Decisão do STJ se mostra favorável a locações de Airbnb.

O Código Civil de 2002 prevê a proteção da convivência coletiva. No entanto, a relação entre o direito de propriedade e as regras de convivência nos condomínios residenciais nem sempre é tranquila.


O código estabelece um rol exemplificativo do que pode ser estipulado por convenção condominial, a qual pode regular as relações entre os condôminos, a forma de administração e a competência das assembleias, entre outros aspectos.


Nesse confronto de direitos, são diversos os casos que demandam a intervenção do Judiciário, tendo a jurisprudência do STJ se firmado no sentido de que a análise de norma condominial restritiva passa pelos critérios de razoabilidade e legitimidade da medida em face do direito de propriedade.



Esse foi o entendimento adotado pelo ministro Luis Felipe Salomão na 4ª Turma, ao apresentar seu voto no REsp 1.819.075, cujo julgamento foi iniciado no último dia 10 e vai definir se um condomínio residencial pode proibir a oferta de imóveis para aluguel por meio de plataformas digitais, como o Airbnb.


O relator entendeu que não é possível a limitação das atividades locatícias pelo condomínio residencial, porque as locações via Airbnb e plataformas similares não estariam inseridas no conceito de hospedagem, mas, sim, de locação residencial por curta temporada. Além disso, não poderiam ser enquadradas como atividade comercial passível de proibição pelo condomínio.


O ministro considerou que haveria violação ao direito de propriedade caso fosse permitido que os condomínios proibissem a locação temporária. Segundo ele, o condomínio pode adotar medidas adequadas para manter regularmente o seu funcionamento — como o cadastramento de pessoas na portaria —, mas não pode impedir a atividade de locação pelos proprietários.


Na sequência, o julgamento foi suspenso por um pedido de vista do ministro Raul Araújo.

0 visualização

ARTIGOS / NOTÍCIAS

Inscreva-se!

Av. Erasmo Braga, 227 - Grupo 1105

Centro - Rio de Janeiro / RJ - 20020-000

Telefones:  21 2210-1665 / 21 2210-1669

E-mail: contato@lacombeadvogados.com.br

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon